A equipe da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Cachoeiro de Itapemirim cumpriu um mandado de prisão temporária, nessa terça-feira (26), em desfavor do suspeito de roubos no município. W.L.M., de 24 anos, foi preso na residência da mãe dele, no bairro Recanto, em Cachoeiro de Itapemirim.

Segundo o delegado titular da Deic, José Augusto Militão, W.L.A. e seus comparsas usavam motocicletas e escolhiam suas vítimas, em sua grande maioria mulheres. Ele é suspeito de ser o autor de três roubos sendo um consumado e dois tentados, ocorridos em 20 de julho deste ano, no bairro Aeroporto.

“Na ocasião, em uma motocicleta, o detido e um comparsa abordaram as vítimas e apontaram uma arma de fogo contra o trio, exigindo que entregassem seus celulares. Contudo, apenas deu tempo de uma das vítimas entregar o aparelho, pois um dos criminosos fugiu antes de subtrair os celulares dos demais”, informou. Após o crime, o suspeito fugiu em direção ao município de Atílio Vivácqua. Outros roubos imputados ao suspeito estão em fase de investigação.

Durante ação, os policiais civis recuperaram um aparelho de celular de uma das vítimas, avaliado em oito mil reais que estava enterrado em uma mata, na zona rural de Atílio Vivácqua. Ainda de acordo com Militão, o detido já foi preso anteriormente pelo uso e tráfico de entorpecentes e por ocorrência da Lei Maria da Penha, na Comarca de Atílio Vivácqua. Além disso, recentemente foi baleado com vários disparos de arma de fogo por traficantes do morro Alto Niterói.

W.L.A. responde pelos crimes de roubo consumado e dois roubos na forma tentada. Ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim (CDP-CI).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui