Os dados usados para falsificar os documentos, de acordo com a polícia, teriam sido solicitados por telefone

Um homem, de 47 anos, foi preso depois de abrir uma conta em uma agência bancária da Praia da Costa, em Vila Velha, usando documentos falsos. O suspeito, segundo a polícia, já tinha passagem pela Justiça por tráfico de drogas.

Com o homem foram encontrados uma carteira de identidade falsa, o cartão de uma nova conta bancária e anotações com dados de uma possível vítima.

Segundo o titular da Delegacia Especializada de Defraudações e Falsificações, delegado Douglas Vieira, os funcionários do banco desconfiaram do homem e acionaram a polícia. 

O suspeito, que não teve o nome divulgado, foi preso em flagrante e levado para a delegacia. Ainda de acordo com o delegado, além da carteira de identidade falsa, o homem também apresentou comprovantes de renda falsificados no momento em que foi abrir a conta bancária.

Os dados usados para falsificar os documentos, de acordo com a polícia, foram pegos de uma pessoa por telefone. O delegado acredita que o suspeito tinha ajuda de comparsas no esquema criminoso.

A polícia orienta que as pessoas nunca passem informações pessoais por telefone para ninguém. Muitos criminosos utilizam o telefone para praticarem esse tipo de crime. 

O homem teve a prisão em flagrante convertida para preventiva e foi levado para o Centro de Triagem de Viana. As investigações vão continuar para tentar identificar e prender outras pessoas que possam ser ligação com o caso.

*Com informações da repórter Milena Martins, da TV Vitória/Record TV.