Neste sábado (30), acontece a mobilização nacional de imunização contra o sarampo em todo Brasil: o chamado Dia D de Vacinação. A campanha, que termina também neste sábado, teve como objetivo imunizar jovens adultos entre 20 e 29 anos não vacinados ou com a caderneta de vacinação incompleta.

Ministério da Saúde enviou 110 mil doses de tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) ao Espírito Santo. Até o momento, foram vacinadas 62.918 mil pessoas nesta campanha. Ao todo, 657.746 mil pessoas deverão ser vacinas até sábado.

As vacinas podem ser encontradas em 493 salas de vacinas de norte a sul do Espírito Santo.

Dados sarampo
A Secretaria da Saúde (Sesa) registrou, até esta quinta-feira (28), um total de 286 notificações de casos suspeitos de sarampo no Espírito Santo. Desses, 277 casos foram descartados, dois foram confirmados e sete seguem em investigação.



Vacinação contra sarampo para as crianças

O Espírito Santo bateu a meta de cobertura vacinal na primeira etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo, voltada às crianças. Foram 106,63% de índice de cobertura vacinal da tríplice viral (D1) para crianças com 1 ano de idade. Dos 78 municípios capixabas, 68 superaram a meta de 95% para a vacina. A cobertura vacinal da tríplice viral (Dose Zero) para crianças de 6 a 11 meses de idade atingiu 110,43% de índice.

A coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis da Sesa, Danielle Grillo, informa que, mesmo com a cobertura vacinal das crianças alcançada, durante a segunda fase da campanha se manterá a intensificação com a dose zero da tríplice viral para crianças de 6 meses a menores de 1 ano de idade e a rotina de vacinação do Calendário da Criança (D1 e D2).



A doença

O sarampo é uma doença viral de elevada contagiosidade, cuja a transmissão ocorre por meio de secreções nasofaríngeas expelidas ao tossir, espirrar e falar. Casos graves podem levar ao óbito.

Os principais sintomas são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza, congestão nasal e mal-estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui